Sugata Mitra

“Há evidências que vieram da neurociência. A parte reptiliana do nosso cérebro, que fica no centro do cérebro, quando ameaçada, desliga todo o resto, desliga o córtex pré-frontal, as partes que aprendem. Punições e provas são vistos com ameaças. Nós pegamos nossas crianças, fazemos com que desliguem seus cérebros, e depois dizemos: ‘Performem’.”

Sugata Mitra está criando uma nova abordagem educacional que questiona a forma como ensinamos as crianças atuais numa era tecnológica. Ele é professor de Tecnologia Educacional na Newcastle University no Reino Unido e em 2013 ganhou o prêmio do TED com sua palestra: Build a School in the Cloud. 

Em sua pesquisa, Sugata chegou a conclusão que o senso inato de aprendizado das crianças aumenta quando elas têm liberdade para explorar.

(Nossa pesquisa empírica aqui em casa demonstra os mesmo resultados, 🙂 )

As conclusões de sua pesquisa são bem parecidas com a do pesquisador/psicólogo Peter Gray (mais sobre ele em breve aqui no blog): Crianças, quando colocadas em ambientes ricos e estimulantes, independentemente de quem são ou do idioma que utilizam, são capazes de buscar respostas para questões complexas e tirar conclusões lógicas e racionais. E, muitas vezes, estas questões são consideradas muito adiantadas em relação ao esperado no seu currículo escolar.

O experimento de Sugata inspirou o livro/filme  ‘Slumdog Millionaire’.

Se você ainda não viu a palestra no TED, pare o que está fazendo, vá até e fique maravilhado. Tudo bem, você pode me agradecer depois.

No dia 8 de março, eu vou pro Rio de Janeiro participar da GHEC (Global Home Education Conference) e uma das coisas mais empolgantes para mim vai ser conhecer esse cara! Espero ter a oportunidade de fazer algumas perguntas. (Se você, que está me lendo aqui, pensar em alguma pergunta legal que eu possa fazer para esse cara, por favor, escreva aqui nos comentários!)

Please follow and like us:

Leave a Comment