Os lugares onde dormi em 2013.

Esse ano dormimos em 24 lugares diferentes. Dá dois lugares por mês, mas não foi dividido assim tão certinho. O maior arrependimento foi não ter tirado fotos de todos os lugares, principalmente dos quartos. Daria um ensaio bem bacana: quarto onde dormimos.

Fica ai uma lista meio fora de ordem dos lugares, e algumas fotos, não dos quartos, mas dos locais…

Nossa restrospectiva 2013.

1) Flat 11 Hampton Court – nossa casa em Londres.

Falar a verdade pra vcs, bateu muita saudade. Eu amei cada cantinho mofado e úmido do nosso último apartamento em Londres. O quarto colorido da Alice era o que eu mais gostava.

 IMG_1676

IMG_1883

IMG_5123

2) Cottage em Suffolk – viagem com Caroline – maio. Minha amiga Caroline me convidou pra ir visitar a casinha da família dela em uma cidadezinha de praia no interior (pois é praia, só que no interior, sacou?) da Inglaterra.

IMG_5960

IMG_5933

IMG_6033

IMG_6027

IMG_6015

3) couchsurfing – Fattoria Ca di Sole – San Benedetto Val di Sambro – Italia – março

Esse lugar é sensacional. Quando a gente chegou lá tinha neve até minha cintura. Tudo bem que eu sou uma pessoa pequena, mas mesmo assim. Nunca tinha visto tanta neve na vida. Também nunca tinha visto nem segurado um bebê cabra! Foi a primeira vez que ficamos hospedados no esquema couchsurfing também. O Mauro dono do lugar, foi super gente boa, buscou a gente na estação, nos acomodou e nos alimentou, tudo assim, de graça. Reestabelecimento da fé na humanidade: nível máximo.

IMG_0760

IMG_0761

IMG_0763

IMG_0772

IMG_0801

4) Acampamento perto do Stonehenge. – maio

A gente foi acampar com nossos amigos/família em Londres, Motoko, Villiam e Mooi. Passamos pelo Stonehenge, Cheddar (sim, igual ao queijo) Salisbury e Glastonbury.

IMG_5357

IMG_5411 IMG_5430

5) Casa alugada – Eslovenia – março.

Minha irmã me mandou um e-mail no final de 2012 perguntando se eu queria viajar com ela e se rolava de esquiar barato em algum lugar fora de temporada. A resposta foi março, na Eslovenia.

IMG_0912

 

6) Airbnb – Veneza – março.

Veneza é do lado da Eslovenia. Bora lá conhecer então, né? Airbnb é o jeito mais legal de ficar hospedado com muita gente sem gastar uma fortuna. Fora que vc tem as facilidades de uma cozinha o que sempre é ótimo se vc viaja com crianças.

IMG_1082IMG_1365

IMG_1264

7) Airbnb – Veneza – parte 2!

Minha irmã foi embora com meu sobrinho antes da gente, então nos realocamos pra um lugar menor e mais barato.

IMG_1312

8) Casa da Caroline em Londres -agosto.

Depois que viramos nomades, passamos por Londres por alguns dias entre a fazenda e ir pro Brasil e ficamos hospedados na casa de alguns amigos, entre eles, a Caroline, o marido dela e o 3 filhos.

9) Casa da Domi e Laci – junho.

Eles abrigaram a gente no dia em que devolvemos nosso apartamento em Londres, um dia antes de irmos pra fazenda.

10) Casa da Emma e Bidesh – julho.

Eles foram meus primeiros amigos totalmente ingleses. São os pais de 3 filhos que são os irmãos mais amigos que eu já conheci. Ela me deu o meu primeiro abraço britânico. Dormimos um dia na casa deles entre a fazenda e Berlim.

11) Casa da Amanda e Pedro – agosto.

A Amanda tava no Brasil e o Pedro tava terminando o mestrado dele quando a gente ficou um tempão lá no apartamento deles, antes de irmos pro Brasil. Bendito seja o sofá-cama deles e o vídeo-game!

12) Casa dos pais do Ro – Brasília – Setembro

Ir pro Brasil e ter que se dividir em um milhão de pedaços pra ter tempo pra todo mundo. Uma coisa engraçada aconteceu dessa vez, talvez porque a gente não tinha mais casa fixa, talvez porque eu mudo mesmo de opinião o tempo todo. O que aconteceu foi que a (quase) necessidade de me identificar na oposição do que é viver em Brasília e viver fora dela, desapareceu dessa vez. Ficou um vazio no lugar, um sentimento de não saber me identificar. Parece horrível, dizendo assim. Mas pra mim, só criou espaço que foi preenchido com total aproveitamento da cidade, dos amigos e da família, sem crises existênciais.

IMG_1406

13) Casa dos meus pais – Brasília – Setembro

Repete o texto de cima!

 

IMG_0213

14) Casa do Adri, da Lu e da Helena – Brasília – Setembro

Meu irmão e a minha cunhada fizeram a Helena, que eu só fui ver 4 meses depois. Claro, que eu quis aproveitar cada segundo e muito cara-de-paumente pedi pra ficar na casa deles. Que nem tinha sido terminada de reformar, diga-se de passagem. Eles não só nos receberam como deixaram eu fazer a festa de aniversário da Alice lá. <3

IMG_1145

IMG_1246

15) Paraíso dos Pandavas – Chapada – Setembro.

Já que estávamos no Brasil, fui num retiro de acro-yoga com o Ro na Chapada. Acro-Yoga + Chapada = Amor.

16) Casa do Albert e da Agnes – Berlim – Agosto

O Albert e a Agnes moravam em Londres e foram tentar a vida em Berlim. Como a gente pensa em morar um dia lá também fomos fazer o test-drive. Dai pegamos o Albert emprestado e fomos pedalando até Leipzig, história que eu contei aqui.

IMG_1276

17) Casa alugada no 9flat – Berlim – Agosto.

Depois que voltamos de Leipzig ficamos umas 3 semanas nesse ape alugado pelo 9flat que é tipo um airbnb. Esse era bem pertinho da casa do Albert. O lugar era super bem decorado, só que não tiramos nenhuminha foto… O que eu achei mais louco era que a mesma chave que abria o portão da frente do prédio, abria também a porta da casa dela, a porta do bicicleteiro, e provavelmente todas outras portas do lugar.

18) Casa do Peer – LeipzigAgosto.

Nosso destino final da viagem de bike. Ficamos 3 noites por lá.

IMG_1454

IMG_1463

19) Hotel em Lisboa. Novembro.

O pai do Ro tava no Marrocos, que é aqui do lado e veio nos visitar, dai fomos dirigindo levar ele pra pegar um avião de volta pro Brasil que saia de Lisboa. Foi bem louco e inesperado.

IMG_2064

IMG_2222

20) o tunnel – fazenda Abundant Earth – julho.

Várias palavras sobre esse lugar aqui.

IMG_7413

21) Acampamento entre Berlim e Leipzig. Agosto

IMG_1339

22) Segundo acampamento entre Berlim e Leipzig. Agosto

23) Casa da Tania, do Romulo, do Luca e da Manu. último dia de Julho.

Mais uma das família de amigos que receberam a gente pós-fazenda. Na verdade, eles estavam na Itália e a gente ficou lá junto com um outro amigo deles por uma noite. Do que eu mais lembro desse dia foi a minha felicidade em ter uma cozinha, com geladeira, bancada, cadeira, mesa pra preparar e comer a janta. Obrigada Tania e Romu por me emprestar sua casa e sua cozinha. Mandem uma foto da casa de vs pra mim?

24) Casa 7 – Los castillejos – Espanha. Outubro até agora.

Já estamos aqui desde outubro! Quase um recorde pra esse ano. Nossa casinha aqui é bem lindinha. Costumava ser a casa da mãe do Paul (dono do lugar). A vila inteira é muito legal. Muito espaço, muita beleza natural. Já to sentindo saudades antecipadas.

IMG_1856

IMG_1517 IMG_1526

IMG_2280

Please follow and like us:

Comments

  1. Vê e Rô (e Alice), só de ler tudo isso, já sinto saudade de vcs e repito aqui: sinto muita admiração pela coragem de vcs, pelo desapego e pela vontade de conhecer o mundo e a vcs mesmos. Espero que ano que vem seja eu, contando coisas similares em um blog como vcs. Muita luzzzzzzzz, viagens e pessoas bacanas no caminho de suas experiências. Boas festassssssssss e um 2014 cheio de realizações! Paz! bjos

    1. Assim… Quase sem palavras… Estou no meio de uma mudança forçada de residência e ainda não achei apartamento, aí aparece vocês com toda essa coragem, uma filha e uma bagagem de despego nas costas…
      O que eu posso dizer… Minha vontade é deixar tudo e me jogar no mundo…Olhando assim nem parece difícil realizar esse sonho… Uma coceira que começa na sola do pé e se estende pelo corpo todo, vocês devem saber bem o que é isso!!!
      Ualá… Parabéns!!! Mesmo!!! Obrigada por aumentar meus sonhos. Continuem enquanto puderem!
      Um grande abraço!

  2. Adorei conhecer a história de vocês !
    Acho o máximo a ideia de poder se desapegar de algumas coisas pra poder ir conhecer o mundo.
    Claro que nem sempre é fácil, mas no fim tudo deve valer a pena.

    Em relação aos lugares que vocês ficam, geralmente vocês alugam ou pedem mesmo pra ficar no lugar ? Como na casa de amigos e conhecidos por exemplo…

  3. Verônica amei as suas fotos e experiência de vida! Vou completar 50 anos , pedalo uso a bike pra ir ao trabalho todos os dias! E quero completar um ciclo de cura viajando de bike até Fátima em Portugal. A idéia é sair de Manaus a Lisboa (avião tap) e ao siar do aeroporto em Lisboa começar o ciclo de 13 dias de bike pela Europa, não grandes pretensões! Quero pedalar os 165km de Lisboa à Fátima e depois pegar uma parte do caminho de Santigo ou quem sabe retornar ao Marrocos. Claro que não tenho grana mas sou produtora cultural e faço de tudo um pouco! Gostaria de receber algumas dicas principalmente de como devo equipar a Bike? Que bike vc sugere? Como distribuir o peso? A tenda que se apoia na bike , tipo igloo individual! Fico no aguardo das suas sugestões! Beijos amazônicos!

  4. Hello people! Tudo o que vcs estão compartilhando é muito legal e deep. Como vcs dizem ser vida simples. Mas ainda não consigo entender como pagam suas contas, como é realmente o financeiro de vcs. E saúde? Tenho muita vontade de fazer isso, mas não consigo administrar esta vida simples de vcs na minha cabeça.

    1. Oi Andrea. Se pudesse respondia sobre a parte financeira agora mas to com muito trabalho 🙂 Esta na “to do list” escrever um post sobre planejamento. Sobre saúde, se você vive em lugar sem poluição, comendo bem e fazendo atividade física é muito raro ficar doente. Desde que saímos de Londres, em julho de 2013, não tivemos nenhum problema. De qualquer forma temos seguro de saúde. É requisito para ter visto na Espanha.

  5. Fiquei apaixonada com as histórias e não consigo parar de ler. Amo viajar. Mas nunca podíamos porque quando sobrava algum dinheiro eu não tinha tempo. Sou casada e tenho dois filhos, um de 13 anos e uma filhinha de 3 anos como sua. E com essas dicas de como viajar gastando pouco, começo a sonhar novamente. Muito obrigada, por compratilhar suas experiências. Muita Luz no caminho de vocês!

    1. Author

      Oi Saritha, Obrigada por nos acompanhar. 🙂 Só uma correção, a Alice tem 7 anos! Vou fazer um post sobre o que a gente leva na mala, quem sabe vc não se anima pra fazer a de vcs? Um abraço!

  6. Ai que vontade de fazer o mesmo. Olhar essas fotos é o mesmo que está vivendo isso com vocês. Vontade de jogar faculdade pra cima, o trânsito, o calor, pessoas, falta de tempo.. Vivam por nós, por favor.

Leave a Comment